Uns dias em Bogotá

Compartilhe e Comente

Saímos de Santa Marta, após uma longa viagem, de ônibus, e chegamos a capital do país. Isso era de dia, então aproveitamos para passear um pouco. Como toda grande cidade, Bogotá oferece ótimas opções gastronômicas. Nesse caso, optamos por comer antes de ir ao hostel La Pinta.

Tivemos uma ótima noite de sono e acordamos cedinho, já que era sábado e teríamos, apenas, um final de semana com o pai do Ivan. Por sorte, o Roberto teve compromissos de negócios em Bogotá e, para aproveitar, tivemos uns dias em família!

bogotac  DSC05745 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Pai e Filho

bogotac  IMG 7219 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Minas de Colômbia

O final de semana foi curto, porém intenso. Passeamos pelo centro de Bogotá até de noite. Conhecemos Minas de Colômbia, uma fábrica e loja de esmeraldas. A Colômbia é a segunda exportadora de esmeraldas e é importante conhecer um pouco mais sobre a história da região. Vimos como funciona o processo, soubemos que apenas 30% está em excelente qualidade e que para isso devem ter: tom verde escuro, brilho com transparência, corte com detalhes, e peso superior a 1 quilate. As pedras originais para a produção da joia preciosa, são: pirita (falso ouro), malaquita, albita, quartzo e calcita. A junção delas faz esmeraldas que serão vendidas a partir de U$400.

bogotac  DSC05933 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

La Quinta Bolivar

Fomos também a “La Quinta Bolivar”, localizada aos pés do Monserrate. Simão Bolivar, um revolucionário independentista, tinha uma de suas casas ali. Uma linda fazenda. Um jardim incrível com diversas flores e hortas. A casa não era seu principal lugar, pois ele vivia viajando. Durante um tempo, a casa foi abandonada. Portanto, parte da construção foi refeita. No local, é possível conhecer as dependências da casa. Um vídeo é colocado à disposição para quem quer conhecer um pouco mais da história.

Além desses passeios que fizemos com o Roberto, ele nos levou para comer em restaurantes colombianos. Entre eles, Sopas de la Mama e Postres de la Abuela. Foram apenas dois dias, mas matamos um pouco da saudade. E que saudade!

Mas Bogotá é uma cidade grande e cheia de entretenimento e cultura. Portanto, ainda havia muito o que conhecer. Conhecemos o “Museo del Oro”, Praça Bolivar, Museo Histórico de la Policía Nacional, Casa de la Moneda, Museo de Arte del Banco de la Republica, Museo Botero e Casa de Nariño.

bogotac  DSC06677 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Casa Nariño

bogotac  DSC06643 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Casa da Moeda

bogotac  DSC06579 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Museu Botero

O Museo del Oro foi uma rica experiência. A Colômbia, também, é uma das principais produtoras deste metal precioso e o museu, com muita interatividade e exuberância conta essa história. O museu, localizado no Banco da República, tem quatro andares que compões os relatos e fatos da sociedade dos metais. Os vídeos interativos ajudam a entender ainda mais a importância desse metal precioso, não só, hoje com o valor financeiro, mas também o valor energético que ele retém.

bogotac  DSC06278 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Museu do Ouro

No último día de passeio na cidade, fomos ao Cerro Monserrate, junto com as meninas que conhecemos no hostel. Um lindo lugar, onde é possível ter uma importante vista panorâmica de Bogotá. Depois da manhã na montanha, o Ivan voltou para o hostel e a Carol seguiu o passeio com a Lari, Pri e Natália.

bogotac  DSC06509 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Feirinha Monserrate

bogotac  DSC06506 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Bocadillo com queijo

bogotac  DSC06475 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Vista panorâmica Bogotá

Um marco na história da Colômbia. Foi o dia da morte de Gabriel Garcia Marquez. Curiosamente, a Carol estava em frente à linha do tempo da história do autor. No momento em que foi divulgada a morte dele, as pessoas na rua ficaram muito tristes. Uma mãe falou para a filha, com os olhos cheio de lágrimas e com uma emoção envolvente: “Filha, hoje, 17 de abril de 2014, morre a maior personalidade deste país”. Viver este momento, faz imaginar como as pessoas na rua se sentiram com a morte do Senna.

bogotac  DSC06646 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Linha do tempo Gabriel Garcia Marquez

bogotac  DSC06653 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Centro Cultural Gabriel Garcia Marquez

Mas, o dia continuava e era momento de se despedir de Bogotá, já que no dia seguinte, tínhamos que decolar com destino a Letícia.

Após visitar a Museu Casa da Moeda e Museu Botero, fomos ao marco da cidade: a Praça Bolivar. Quando chegamos à Praça, perguntamos o que era cada construção. Um vendedor ambulante explicou: “Ali é onde aparece um assunto, depois eles organizam o tema ali, lá é onde eles aprovam e põem as leis e, depois, é lá onde eles pedem o perdão”. Respectivamente, o senhor apontava para: a Casa Presidencial, os Ministérios, o Palácio da Justiça e a Catedral. Rsrs…

bogotac  DSC05815 reduzida2 640x640 Uns dias em Bogotá

Praça Bolivar

Bom, depois de tanto aprender com guias e moradores da região, elas voltaram ao hostel para descansar um pouco já que o dia foi de pura caminhada.

Bogotá é um a cidade grande e tem muito para se conhecer. Quem for visitá-la, deve organizar aquilo que mais interessa, pois para conhecer, de fato, a região, 1 semana não é suficiente.


Gostou?! Receba nossos passos