No centro de Buenos Aires

Compartilhe e Comente

Começamos nosso tur pelo Centro da cidade de Buenos Aires, em pontos turísticos como: Praça de Maio, Avenida de Maio, Calle (rua) Florida, Obelisco e Calle Corrientes. Aproveitamos que a cidade é plana e fizemos tudo caminhando.

Planejamos nosso dia, mas as coisas mudaram no meio do caminho…

Fomos a Praça de Maio e nos deparamos com a “Marcha Mundial da Maconha”, em frente à casa do Governo, a Casa Rosada.

Sempre há manifestações na Praça de Maio. Já esperávamos encontrar alguma, mas confessamos que não contávamos com a marcha da marihuana justo no primeiro dia de viagem.

A marcha, que aconteceu ontem (04/05), às 12h, defende o direito do autocultivo, do uso medicinal e recreativo e acesso à informação sobre a erva.

Vejam as fotos abaixo para saber o que rolou!

buenos aires trip  manifestacaonaplazademayo No centro de Buenos Aires

Manifestação na Plaza de Mayo

buenos aires trip  cartazesemproldalegalizacaodamaconha No centro de Buenos Aires

Cartazes em prol da legalização da maconha

buenos aires trip  manifestantesnocentrodeba No centro de Buenos Aires

Manifestantes no Centro de BA

Bom, como fomos até a praça para visitar os pontos turísticos, selecionamos algumas informações interessantes para quem quer conhecer o centro e micro-centro de Bs As.

​ PRAÇA DE MAIO

Como chegar:
- Linhas de subte (metro): A, B, D e E
- Ônibus: 2, 4, 8, 20, 24, 28, 29, 33, 50, 56, 61, 62, 64, 74, 86, 91, 93, 99, 103, 105, 109, 111, 126, 129, 130, 140, 143, 146, 152, 150, 195

​CASA ROSADA

A visita é interessante, pois você entrar na casa da presidenta da Argentina e ver onde boa parte das decisões do país acontece. O curioso é que você pode passar pelo palanque em que Juan Domingo Perón, ex-presidente da república Argentina, e Evita Perón utilizavam para fazer seus discursos ao povo.

buenos aires trip  centro4 1890 No centro de Buenos Aires

4Pies para a Casa Rosada

CATEDRAL METROPOLITANA DE BUENOS AIRES

Vale dar uma olhada na arquitetura da catedral de onde saiu o primeiro papa das Américas e na cripta de José de San Martin, guerreiro da independência Argentina, libertador do Chile e do Perú.
Horários: Segunda a sexta-feira das 7h30 às 18h30 e de sábado, domingo e feriado das 9hs às 19hs.
Entrada: livre e gratuita

MUSEU NACIONAL DO CABILDO E DA REVOLUÇÃO DE MAIO (1960)

O museu está instalado em um edifício do século XVIII, que já sofreu diversas reformas até os dias de hoje.
Horários: Segunda e terça-feira está fechado. Quarta a sexta-feira das 10h30 às 17hs e sábado,domingo e feriado das 11h30 às 18hs.
Entrada: AR$10, mas de sexta-feira às 15h30 a entrada é gratuita, pois há uma visita guiada

MUSEU DO BICENTENÁRIO

(Olhando para a Casa Rosada, está ao lado direito)

A história de Buenos Aires é animal e neste museu tem um vídeo curto e que é ótimo para quem tem interesse em saber onde está pisando. Além disso, tem outros vídeos que mostram o que rolou no país de ano em ano.
Horários: Abre de quarta-feira a domingo e feriados, sendo de maio a novembro das 10hs às 18hs e de dezembro a abril das 11hs às 19hs
Entrada: Livre e gratuita

​​AVENIDA DE MAYO

Para quem gosta de galeria de arte, esta avenida é um bom lugar para visitar. Além disso, é lá que está o Congresso, Palácio Barolo, edifícios com arquitetura do século XIV e o tradicional Café Tortoni (desde 1858). Para quem estiver na cidade justo no dia 26 de outubro, não deixe de tomar café em uma das cafeterias que fazem parte dos “cafés notáveis” de Buenos Aires, pois existem alguns benefícios como o café 2X1.

CALLE FLORIDA

Como chegar

Linhas de subte (metro): A, B, C, D
Colectivos: 6, 8, 22, 23, 26, 28, 29, 33, 45, 50, 56, 61, 74, 91, 109, 115, 126

Ótimo local para fazer compras e visitar a livraria El Ateneo. Vale ressaltar que esta livraria é a mais antiga, mas não é a que era o antigo teatro (a qual fica na Avenida Santa Fé, 1860).

Onde termina a rua Florida, começa a praça San Martin, próxima a estação rodoviário Retiro. Por ali há palácios da antiga elite de Buenos Aires, a Basílica do Santíssimo Sacramento e o Edificio Kavanah.

Cuidado: Na rua Florida tem uns caras que te convidam para entrar em baladas e te chamam para trocar a grana com eles. Apesar das propostas serem chamativas, tem que ter muito cuidado para não ser roubado. Se um cara ou uma mulher te chamar para ir em baladas, é preferível nem responder para não dar chance ao azar!

buenos aires trip  musicanaflorida No centro de Buenos Aires

Música na Florida

AVENIDA 9 DE JULIO – OBELISCO

Como chegar
Linhas de subte (metro): B, C, D
Ônibus: 5, 6, 7, 9, 10, 17, 23, 24, 26, 29, 39, 45, 50, 59, 60, 67, 70, 75, 98, 99, 100, 102, 109, 115, 129, 140, 146 y 180

Mesmo em uma cidade plana, como Bs As, pode ser difícil de caminhar toda a Avenida 9 de Julio. Ela corta a cidade de norte a sul e tem a fama de ser a avenida mais larga do mundo!

Em sua extensão, existem muitos comércios, restaurantes, bancos e grandes hotéis. Dentre suas edificações, podemos destacar o Edifício Eva Peron (com seu rosto pintado na lateral do prédio), o Teatro Colón, Embaixada do Brasil e da Franca e o Obelisco.

O Obelisco está quase na metade (mais para o norte) da avenida 9 de Julio, cruzando com a Avenida Corrientes. O monumento foi erguido na Praça da República em maio de 1936 em comemoração ao quarto centenário da fundação da cidade.

Projetado pelo arquiteto Alberto Prebisch o monumento esbanja seu verticalismo com seus 67,5m de altura.

buenos aires trip  obelisco No centro de Buenos Aires

Obelisco

CALLE CORRIENTES

Como chegar
Linhas de subte (metro): B, H
Ônibus: 5, 6, 7, 9, 10, 12, 17 23, 24, 26, 37, 38, 3, 45, 50, 59, 60, 70, 102, 105, 111, 115, 116, 142, 146, 150, 155.
A Rua Corrientes é conhecida por estar cheia de casas de espetáculo (teatros e tango) e livrarias/sebos. Lá você pode encontrar várias opções para diversos gostos, mas elas não costumam ser das mais econômicas. Quem estiver por ali com fome, ofertas de café e restaurantes não vai faltar. Próximo ao centro, ainda na rua Corrientes, tem o Shopping Abasto que é lindo arquitetonicamente falando.


Gostou?! Receba nossos passos